Segunda-feira, 12 de Abril de 2010

Já que as redes sociais conquistam o eleitor....


... então vamos lá.





Abaixo, na íntegra, o artigo sobre o assunto,


escrito por Alessandra Duarte








Pelas redes sociais, a conquista do eleitor - Perfil do uso de mídias como Twitter mostra onde campanhas on-line podem crescer - Alessandra Duarte





Se os pré-candidatos à Presidência Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) quiserem crescer nas regiões onde seu desempenho nas pesquisas de intenção de voto anda fraco, é bom olharem como cada região está utilizando as redes sociais. Principalmente Twitter e blogs, os instrumentos on-line que, segundo pesquisadores que estudam a interação entre internet e política, serão as principais ferramentas na campanha eleitoral de 2010 na internet.











Por exemplo: se Serra quiser aumentar seu número de eleitores no Nordeste - onde Dilma tem tido mais intenções de voto -, os 190 mil seguidores do tucano no Twitter poderão ajudá-lo nisso. Os internautas de Norte e Nordeste são aqueles que mais acessam sites de relacionamento como Twitter. Já Dilma deve avisar à equipe que cuidará de seu blog de campanha de que ele pode aumentar a parcela de eleitores da petista no Sudeste - onde ela não é tão forte. A região tem um dos mais altos percentuais de internautas que utilizam blogs. Essa análise do uso das redes sociais pelas diversas faixas da população - presente num estudo divulgado esta semana pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic), braço de pesquisa do Comitê Gestor da Internet - mostra o alcance dessas redes na campanha eleitoral de 2010.








No país, 67% dos internautas acessam redes sociais.








A pesquisa foi feita em 2009, em todo o país. Segundo o gerente do Cetic, Alexandre Barbosa, se 22% dos internautas brasileiros usavam redes sociais em 2005, em 2009 esse número foi para 67%.








- Um dado curioso é que, embora Sul, Sudeste e Centro-Oeste tenham o maior número de internautas (49%, 51% e 50%, respectivamente), o Norte e o Nordeste têm o maior número de usuários de redes sociais - diz o gerente do Cetic, que divide as redes sociais em sites de relacionamento (Facebook, Twitter, Orkut); fóruns e listas de discussão; e blogs. - Os jovens usam mais os sites de relacionamento. No Sudeste, há muitos criadores de blogs. Apesar dessas diferenças, os sites de relacionamento sempre têm percentual alto. São eles que puxam o uso de outras redes sociais.








Um exemplo disso está no fato de que muitos tweets têm justamente a função de chamar o usuário para blogs - ou para o YouTube (que o Cetic conta como lazer na internet), canal que demonstrou sua força nas últimas eleições a prefeito no Rio, ao ser usado pelo então candidato Fernando Gabeira. Para Juliano Borges, pesquisador de comunicação política da Uerj, a complementaridade entre Twitter e outras mídias dará o tom da campanha na internet:







- Nas últimas eleições, as pessoas ainda pensavam na campanha na internet com lógica de campanha na TV, por isso o vídeo no YouTube foi tão usado. Agora, após a campanha virtual do Obama, a campanha na internet terá lógica mais própria. E o ponto forte deve ser essa dobradinha entre Twitter e blogs.








A professora Adriane Figueirola Martins, que pesquisa política e internet em doutorado na UFF, também destaca a integração de Twitter a outros canais:   -  Não vejo muito Facebook e Orkut na campanha, eles não têm a instantaneidade do Twitter. Além de puxar para blogs, sites e YouTube, o Twitter tem propagação muito rápida.






- O Twitter evita o chamado desinteresse prévio: mesmo quem não entraria em site político recebe tweets da área - diz Afonso de Albuquerque, do departamento de Estudos de Mídia da UFF. - Mesmo quem não acessa internet atrás de política é atingido no Twitter por ela.





 ***

Não é à toa que Dilma está inaugurando seu Twitter.   Porém, devido à sua dificuldade em lidar com as palavras, certamente será escrito por um ajudante.  Dilma  fala como uma brasileira de baixa escolaridade.  Dentre muitos outros exemplos, a candidata fala  'vamu', ao invés de vamos, apesar de seu diploma universitário.   Há um blog excelente em tratar desta evidência (o perdi mas estou procurando; quem souber me informar, agradeço).  




Mas vamos lá e mãos à obra. 



NOTA:  Estou ralando para abrir outra página no Twitter, sem conseguir.   Minha primeira página, onde nunca  escrevi  apenas um  'oi',   está  bloqueada.  Se não acessei um comando errado, o twitter deve me considerar anti-social demais para ser um de seus participantes.




publicado por vergonha-nacional às 11:09
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Fernando MG a 13 de Abril de 2010 às 06:49
Bacana o blog... parabéns...
se quiser, dê uma passada em www.neferesponde.wordpress.com


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. CENSURA - Deputado pede p...

. CENSURA AOS BLOGS – Parte...

. CENSURA AOS BLOGS - Pedr...

. Colégio não comprova que ...

. Dilma vai rubricar ou ass...

. Lula e Dilma têm muita co...

. Dilma, "veja tudo, fique...

. Frase da semana

. Projeto de lei contra a l...

. Lula, só com arroz e bróc...

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds