Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

A participação de vocês

***

Encerrou a enquete "Quem você indicaria para a Presidência da República?" que será retirada. O resultado, embora mostre a escolha de número limitado de participantes, nos dá uma idéia do que está por vir. Teremos o estilo FHC de volta, provavelmente por falta de opção melhor.

Recebi algumas sugestões quando a votação já havia começado, o que impossibilitou qualquer alteração. A idéia de incluir 'outros' como alternativa, por exemplo, foi desperdiçada.

***
Uma outra idéia muito boa foi abrir um espaço para que cada um pudesse indicar o candidato desejado, sem ter que se limitar aos nomes apresentados, mas infelizmente isto é impossível fazer numa enquete. Estou tentando descobrir uma forma de por esta sugestão em prática, mas até agora não descobri qual seria o recurso a ser usado. Quem souber como fazer, peço entrar em contato. Muitos vão agradecer e, quem sabe, nos daria um Pliiiiim! , mesmo sem resultado prático na próxima eleição presidencial. Mas nunca se sabe.

***

Um abraço a todos

e que aconteça algum milagre neste país.

***
















































publicado por vergonha-nacional às 03:31
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008

O sonho de uns é o pesadelo de outros

***


O jornalista Neil Ferreira não tem dormido direito por causa de suas trágicas premonições. Haveria um golpe - juridicamente correto - para satisfazer a fome de poder do nosso presiMente. Em seus sonhos nebulosos, José Alencar seria candidato à Presidência, e seu vice Luís Inácio. Depois de eleito por algum tempo, renunciaria por problemas de saúde e, então, o ex-sindicalista assumiria, de novo, o cargo.
***
Todos sabem que continuar na presidência da república é o grande sonho deste nosso presiMentiroso boquirroto. Após diversas tentativas para alterar a legislação com a possibilidade de um terceiro mandato, sem resultado, este golpe poderia transformar o sonho dele em nosso pesadelo.
***

José Alencar já esteve internado diversas vezes, mas sempre consegue escapar da morte. Pelo jeito, até mesmo dela os políticos escapam, ou conseguem fazê-lo por muito mais tempo que o previsível .

***

Entretanto, o jornalista não tem com que se preocupar, pois José Alencar tem tanta chance de se eleger quanto Dilma Rousseff, embora Luís Inácio afirme que será ela a próxima presidente. Parece que ele se esqueceu do caso de Marta Suplicy na eleição à Prefeitura de São Paulo. Ou confie demais no convencimento do povo por meio de sua verborragia de boteco.
***

Ao comentar sobre o palavreado lulista, me ocorreu a desculpa apresentada para a substituição do SIFU - dito por ele - pela expressão "inaudível", na página da Presidência na Internet. O motivo: as senhôras que transcrevem seus discursos, desconhem este termo tão vulgar.



























































































publicado por vergonha-nacional às 03:14
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

...

Espaço para o artigo ""Inaudível", em que Ricardo Noblat comenta diversos aspectos do atual governo. Está na segunda página d'O Globo de hoje. Transcrevo aqui (com alguns trechos grifados) para deixar gravado.

Em um de seus comentários, Noblat faz alusão à MENTIRA usada no site da Presidência da República na tentativa de esconder o SIFU dito pelo presiMente, trocando este termo chulo por... "inaudível". Mas, quem quiser ouvir sem esforço algum, é só clicar em http://www.youtube.com/watch?v=vpv9yJxmjp8 e vemos lá um sujeito cuspindo as palavras de maneira grosseira e falando como jamais falaria um chefe da Nação.

Inaudível

***

"Ou você diria ao paciente "sifu"? Se você chega dizendo a gravidade da doença, você acaba matando o paciente". (Lula)

No país dos grampos quanto mais se escuta menos se ouve. Do alto de espantosos 70% de aprovação, Lula parece surdo ao que contrarie suas crenças. Seria compreensível se não fosse perigoso. Do mesmo modo, a maioria dos brasileiros ignora o estrondo que derreteu os mercados lá fora, ajudou a eleger Obama presidente e começa a ecoar por aqui.

O que era doce acabou. O Brasil aproveitou pouco a mais recente fase de ouro da economia mundial. O pior da crise ainda está por vir. "Yes, we can´t!". Mas ainda levará um longo tempo para que possamos celebrar a recuperação da economia. Fazer o quê? Melhor fingir que se trata de uma "marolinha", como prefere Lula. E com ele concordam 42% dos 3.486 brasileiros entrevistados pelo Datafolha na semana passada. Para 78%, a vida vai melhorar em 2009.

Sinto muito, não vai. O Produto Interno Bruto deve crescer bem menos do que se imaginava, o desemprego aumentar e o salário diminuir. Nada que impeça o governo de criar novas despesas ao invés de reduzir as existentes. A hora é de gastar, aconselha Lula. E não esperem que ele se debruce sobre o leito do paciente e diga: "Meu, sifu!" Isso não se faz. Na verdade, isso um presidente da República não diz, salvo se estiver embriagado pelo próprio sucesso.
***

O "sifu" não foi uma derrapada de mau gosto nunca antes cometida por um presidente. No passado, o presidente Fernando Collor avisou aos interessados que tinha "aquilo roxo". Na campanha eleitoral de 2006, Ciro Gomes, duas vezes candidato a presidente da Republica, mandou um adversário "à puta que o pariu". Mais recentemente definiu Fortaleza como "um puteiro a céu aberto". Ao seu estilo, cada um deles prestou tributo ao romano Cícero e ao grego Demóstenes, mestres da oratória.
***
Os cinco sentidos humanos carimbaram a Era Lula desde o seu início. Em 2002, Lula provou o gosto do poder ao alcance da mão durante uma campanha em que foi o franco favorito o tempo todo - sem falar do Romanné Conti degustado ao lado do publicitário Duda Mendonça. 2003 foi o ano da visão. O mundo contemplou extasiado a figura do ex-retirante da seca, ex-metalúrgico, ex-líder sindical que finalmente fora eleito presidente do Brasil.

***
O olfato dos mais sensíveis denunciou que algo cheirava mal no segundo semestre de 2004. O cheiro ruim se impôs dali há um ano quando o mensalão fez o governo tremer e Lula duvidar da possibilidade do segundo mandato. Foi quando ele ameaçou renunciar à presidência da República se o PT não desse um jeito de impedir que o publicitário mineiro Marcos Valério abrisse o bico como ameaçava fazer. O jeito foi tão bem dado que Valério, hoje, preso, permanece de bico fechado.

***

Em 2006, Lula sentiu que era possível dar a volta por cima. Saiu para o abraço percorrendo todas as regiões do país e ameaçando jogar o povão contra as elites interessadas em derrubá-lo. Manipulador de primeira, esse Lula. As elites jamais estiveram tão satisfeitas com um presidente. Dotado de notável tato político, montou uma poderosa aliança e derrotou um oponente autor da proeza de ter no segundo turno menos votos do que no primeiro. Atingiu o zênite. E sonhou com o terceiro mandato consecutivo.

***
O episódio do "sifu" é emblemático do ano em que o grampo mais famoso é aquele que só foi transcrito. O governo tapa os ouvidos às críticas da oposição. Essa se faz de surda a quem lhe cobra coerência e uma proposta de governo consistente para o futuro. O delegado Protógenes Queiroz não ouve a Polícia Federal, que não ouve a Agência Brasileira de Inteligência. Nem o ministro Gilmar Mendes, presidente do Supremo Tribunal Federal, ouve o juiz federal Fausto De Sanctis - e vice-versa.

***
Ao publicar na página do Palácio do Planalto na internet o mais extravagante discurso feito por Lula, o responsável pela tarefa foi bastante feliz ao trocar o "sifu" pela expressão "inaudível". Nada marca melhor 2006. (tapeação é a marca do atual governo)

***

www. oglobo. com. br/ noblat
noblat@oglobo.com.br





publicado por vergonha-nacional às 01:48
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 5 de Dezembro de 2008

No botequim da esquina é assim


Na quarta-feira, enquanto era "julgado" e absolvido, como acontece com todos os canalhas no governo do ex-sindicalista Luís Inácio, Paulinho do PT demostrava sua força numa passeata pela Esplanada em Brasília, carregado pelas Centrais Sindicais.

Estamos nas mãos de um governo sindicalista e salafrário, onde a falta de caráter é quase obrigação. Mas, para eles, ainda é pouco. Ontem, o presiMente Luís Inácio, o “eterno candidato de palanque”, depois de tantos anos na presidência da República provou mais uma vez que ainda não percebeu a importância do cargo que ocupa. Não larga o microfone e atua como astro-pop da Nação. Sente-se inteiramente à vontade até mesmo para usar, em seus incansáveis discursos, palavras de baixo calão como se estivesse no botequim da esquina, como fez ontem. Termos como diarréia, ao comentar sobre a crise financeira mundial e "sifu" foram usados sem o menor constrangimento para uma platéia hipócrita que o aplaudiu, quando deveria ter ficado quieta e em absoluto silêncio por alguns longos minutos para desmonstrar seu agrado.

***

Luís Inácio não sabe – até porque nunca sabe de nada – que o brasileiro exige respeito, mesmo aqueles que comem em sua mão através das diversas bolsas que distribui para se fazer de bom moço. Embora muitos aceitem migalhas para disfarçar a falta de uma vida digna, todos gostariam de ser representados por um chefe de Estado com comportamento decente.

***

Luís Inácio envergonha o país e enoja os brasileiros. A única vantagem é que cada vez mais ele... SIFU.

**

*

***

publicado por vergonha-nacional às 01:58
link | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2008

Você já teve algum problema com a Unimed ?

***

Um amigo nosso acaba de se tornar órfão de pai por causa do atendimento irresponsável deste plano de saúde.



***
***

Nos EUA, Obama se preocupa em criar um programa para ajudar a classe média de seu país, para defendê-la da crise. Enquanto isso, aqui, temos um governo que se faz de grande protetor apenas dos que pertencem à classe dos pobres e oprimidos.

***

A classe média é obrigada a pagar as 'unimedis" - e pagar muito caro! - acreditando que tais planos lhe garantem atendimento médico decente quando necessário. Puro engano, pois garantidos estão eles com diversos tipos de manobras para não atender quem os sustenta. Adiam cirurgia, encaminham de um lado para outro, tapeiam, não respeitam quem engorda suas finanças. E tudo dentro da lei, pois a ela o cidadão comum não tem acesso.
***
O governo brasileiro atende falsamente o chamado 'povo' que se contenta em trocar uma vida digna por bolsas distribuídas pelo populismo barato, enquanto a classe média não tem quem a socorra... nem mesmo pagando caro. Pela forma como somos tratados, classe média se tornou um termo pejorativo e dirigido aos considerados responsáveis pela miséria brasileira.
***
Quem já teve algum problema com a Unimed, peço que entre em contato comigo e narre o fato.
***








***




publicado por vergonha-nacional às 08:49
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Dezembro de 2008

Débito com o Banco Tupiniquim


***

***


- O senhor Tonho Luís da Silva está?

- É ele mesmo. Quem está falando ?

- É o call center do Banco Tupiniquim. Aguarde um momento. Vou passar para o setor financeiro.

Após apenas uns quinze minutos, vem uma outra atendente: Sr. Tonho, o senhor está com o débito de vinte reais com o nosso respeitável Banco desde ontem. Sua dívida deve ser paga até amanha sem falta, do contrário, seu nome será enlameado no mercado.

***


***
Atenção:

para nossa futura segurança

essa "ligação" foi gravada.





-










publicado por vergonha-nacional às 10:52
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. CENSURA - Deputado pede p...

. CENSURA AOS BLOGS – Parte...

. CENSURA AOS BLOGS - Pedr...

. Colégio não comprova que ...

. Dilma vai rubricar ou ass...

. Lula e Dilma têm muita co...

. Dilma, "veja tudo, fique...

. Frase da semana

. Projeto de lei contra a l...

. Lula, só com arroz e bróc...

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds